publicidade

Aprenda a usar o adoçante em suas sobremesas; veja receita

A rosca flor é feita com adoçante
Foto: Stevita / Divulgação
 

Nunca se falou tanto em alimentação saudável, livre de gorduras e com baixo teor de açúcar, mas, na hora de ir para o fogão preparar um doce ainda é difícil saber como lidar o adoçante como parte da receita. Segundo os especialistas, alguns tipos têm suas propriedades comprometidas quando levados à alta temperatura e, com isso, perdem a capacidade de adoçar.

» Siga Vida e Estilo no Twitter
» vc repórter: mande fotos e notícias
» Chat: tecle sobre a notícia

O Terra conversou com chefs e nutricionistas que mostram que é possível sim substituir o açúcar pelo adoçante em algumas receitas, mas, para isso, é preciso começar por um passo bem simples: lendo o rótulo do produto.

De acordo com a nutricionista funcional Giovanna Arcuri, podem ser usados para fins culinários a sacarina, o ciclamato, o Acessulf-K, o steviosídeo e a sucralose, que podem ser aquecidos sem grandes prejuízos. "Já o aspartame, quando aquecido, perde o sabor doce", afirma.

A nutricionista explica que os adoçantes estão divididos em dois grupos - os calóricos e os não calóricos. "Os não calóricos são sacarina, ciclamato, aspartame, acessulfame e stévia, que existem para atender necessidades específicas, como a dos diabéticos, ou ainda, de pessoas que tem intolerância ao glúten. Já os calóricos são frutose, o xylitol, o sorbitol e o manitol."

Doce como açúcar
A chef Adriana Dleizer, da Quitutaria, dá algumas dicas de receitas que levam adoçantes e podem chegar a um resultado final bastante saboroso. "As opções que mais funcionam são as receitas frias, que não vão ao fogo ou ao forno, como flans, mousses, gelatinas e biscoitos."

Para quem quer se aventurar com o uso do adoçante na cozinha, mas ainda tem medo de arruinar alguma receita, a chef conta um truquezinho que pode auxiliar nesse sentido. "Um segredo para uma boa receita de bolo é fazer uma calda com o adoçante e, após o bolo ser assado, jogar esta calda por cima, ou seja, nunca levar o adoçante a alta temperatura."

Segundo a profissional, há jeito até para fazer uma caipirinha light: "O aspartame não se mistura ao álcool, então, o segredo de uma boa caipirinha é amassar a fruta com o adoçante e só depois colocar o álcool", aponta.

Para o preparo de bolos, sorvetes e cremes, o chef Lucas Corazza indica o uso da sucralose, que pode ser exposto a altas temperaturas. Mas ele lembra também que o uso do açúcar, quando moderado, não traz grandes malefícios para a saúde. "Na minha cozinha, estimulo o consumo consciente do açúcar. Faço isso através da diminuição do uso do açúcar refinado e substituindo por outras fontes mais naturais de sabor, como frutas e mel. Nem sempre é possível, mas procuro utilizar soluções como o açúcar mascavo e algumas vezes até mesmo o açúcar de beterraba."

Para quem ainda é novato na arte da substituição do açúcar pelo adoçante, ir aos poucos pode ser um bom começo. "Como o açúcar é fonte de sabor e dá textura ao alimento, é difícil encontrar alternativas. Comece substituindo parte do açúcar comum por adoçantes, depois mude a proporção dos ingredientes conforme a necessidade."

Mais do que boa forma e redução de medidas, saber o tipo de adoçante que se está consumindo é uma questão de saúde, segundo a nutricionista Giovanna. "A maioria dos adoçantes tem como a base o ciclamato de sódio ou a sacarina sódica, que podem provocar elevação da pressão arterial. Não devem ser usados por pessoas que tem predisposição a doenças renais e também não pode ser usadas por gestantes. Já a sacarina pode acarretar doenças hepáticas e hiperatividade", alerta.

Confira receita preparada com adoçante
ROSCA FLOR

Ingredientes:
- 1/3 xícara (chá) de leite desnatado morno
- 1/4 xícara (chá) de STEVITA CULINÁRIA
- 1 pitada de sal
- 2 colheres (sopa) de óleo
- 4 colheres(sopa) de água morna
- 1 tablete de fermento para pão (15g)
- 1 ovo
- 2 e ½ xícaras (chá) de farinha de trigo (até dar o ponto)

Recheio:
- 2 colheres (chá) de adoçante
- 2 colheres (sopa) de uvas-passas
- 1 e ½ maçãs picadas, sem casca e sem sementes
- 3 colheres (chá) de margarina light

Calda:
- ½ xícara (chá) de leite desnatado
- 2 colheres (chá) de adoçante
- 1 colher (café) de canela em pó

Modo de Preparo:
Numa vasilha grade esmigalhe o fermento, junte o leite e a água morna para dissolvê-lo bem. Adicione o adoçante, o sal, o óleo e o ovo e misture bem. Acrescente a farinha aos poucos e amasse até a mistura soltar das mãos. Deixe descansar por 30 minutos. Enquanto isso, misture o adoçante e os demais ingredientes do recheio. Reserve. Abra a massa com um rolo num retângulo e passe a margarina light. Espalhe o recheio, enrole como um rocambole, corte em fatias de mais ou menos 4 dedos de largura e coloque numa forma untada de furo central. Deixe crescer até dobrar de volume. Misture todos os ingredientes da calda, regue a massa crescida e asse em forno quente (180º C), pré-aquecido, até dourar (mais ou menos 25 a 30 minutos). Quando amornar, desenforme e sirva acompanhado de chá ou café.

Rendimento: 12 porções
Calorias: 140 kcal/ porção
Carboidratos: 24,8 g
Proteínas: 4 g
Lipídios: 2,7 g
Receita convencional: 165,3 kcal/ porção

Especial para Terra