0

Chef italiano é processado após cozinhar carne de pombo

Ativistas que lutam pelo bem-estar dos animais acusaram o chef de quebrar uma lei italiana e europeia

2 mar 2016
11h56
  • separator
  • comentários

Ativistas de direitos dos animais da Itália iniciaram um processo judicial contra Carlo Cracco, um dos chefs mais famosos do país e detentor de duas estrelas Michelin, depois dele ter cozinhado e servido um prato com carne de pombo no Masterchef italiano. As informações são do site do jornal The Telegraph.

O chef é descrito por uma revista como “um pioneiro em cozinha italiana progressiva”, mas despertou a fúria do grupo com seu prato exótico. O episódio foi transmitido no mês de janeiro.

Carlo Cracco é um dos chefs mais famosos da Itália
Carlo Cracco é um dos chefs mais famosos da Itália
Foto: Vincenzo Lombardo/Getty Images

Na última segunda-feira (29), a agência Ansa noticiou que a Associação Italiana para a Defesa dos Animais e do Meio Ambiente (AIDAA) apresentou uma queixa contra Cracco em Milão, onde está localizado o restaurante Ristorante Cracco, comandado pelo chef.

Carlo foi acusado de quebrar uma diretriz da União Europeia (UE), que protege e proíbe a caça e captura de algumas aves. O Columba livia, popularmente conhecido como pombo-das-rochas ou pombo-doméstico, não é considerado em extinção, mas está incluso na lei.

Prato com carne de pombo causou revolta em um grupo de direito dos animais
Prato com carne de pombo causou revolta em um grupo de direito dos animais
Foto: @foodliday/Instagram/Reprodução

Não ficou claro como o italiano obteve o pássaro – pombos de criação podem ser consumidos. Mas a AIDAA afirmou que o chef incitou colegas a quebrar as regras e a caça para o consumo.

“Ninguém contesta que Carlo Cracco é um grande chef, mas o fato de ele ir na TV para apresentar um prato de carne de pombo – isto é, um animal protegido pela lei nacional e europeia, é um ato criminoso que não pode ser ignorado”, disse Lorenzo Croce, que lidera o grupo de bem-estar animal.

 

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade