0

Helena Rizzo leva prêmio de melhor cozinheira da América Latina

20 ago 2013
14h43

A gaúcha Helena Rizzo venceu o prêmio "Veuve Clicquot" de melhor chef feminina da América Latina em 2013, informou nesta terça-feira a empresa criadora da lista "Os 50 Melhores Restaurantes do Mundo", que criou uma lista latino-americana.

Rizzo comanda a cozinha do restaurante Maní em São Paulo com seu marido, o espanhol Daniel Redondo, onde trabalham com ingredientes tradicionais e os transformam através das últimas técnicas gastronômicas internacionais.

A chef receberá o prêmio no dia 4 de setembro em Lima, durante a apresentação da primeira edição da lista dos "50 Melhores Restaurantes" em sua versão para a América Latina, organizada pela revista britânica "Restaurant".

Neste ano, o Maní entrou pela primeira vez na lista dos Melhores Restaurantes do Mundo, onde apareceu no 46º lugar.

"Desde a abertura de seu restaurante, em 2006, ela conseguiu unir as tradições culinárias brasileiras com as técnicas mais contemporâneas obtendo efeitos cada vez mais espetaculares em seus belos, inovadores e deliciosos pratos", opinou um dos organizadores, William Drew, em comunicado.

Os pratos de Rizzo "mantêm a essência local com um toque de sua sensibilidade feminina gerando uma combinação de sabores que, unidos a uma surpreendente apresentação, resultam em uma experiência culinária única", segundo o comunicado.

A organização destacou as mandiocas cozidas e servidas com espuma de tucupi, leite de coco e azeite de oliva à trufa branca como o prato emblemático do Maní.

O prêmio Veuve Clicquot é inspirado na vida e nas conquistas de Madame Clicquot, que há 200 anos "definiu a pauta a ser seguida pelas mulheres no mundo dos negócios", disseram os organizadores.

Os restaurantes incluídos na lista "Os 50 Melhores Restaurantes da América Latina" são selecionados por um júri de 250 especialistas da indústria gastronômica regional.

EFE   
publicidade