0

Helena Rizzo, do Maní, é eleita melhor chef da América Latina

Ela comanda o 46º melhor restaurante do mundo, localizado em São Paulo, e se destaca por usar ingredientes tradicionais brasileiros em suas criações

19 ago 2013
13h32
atualizado às 13h39
  • separator
  • 0
  • comentários

A brasileira Helena Rizzo, que comanda a cozinha do Maní, em São Paulo, recebeu o prêmio Veuve Clicquot Best Female Chef América Latina, que faz parte da premiação dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina. A lista completa será anunciada no dia 4 de setembro, em uma cerimônia em Lima, no Peru.

<p>Helena Rizzo descobriu sua paixão pela culinária aos 14 anos e desde então tem trabalhado para descobrir e dominar novas técnicas e sabores</p>
Helena Rizzo descobriu sua paixão pela culinária aos 14 anos e desde então tem trabalhado para descobrir e dominar novas técnicas e sabores
Foto: Divulgação

O prêmio Veuve Clicquot Best Female Chef América Latina é votado pela Academia dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina, grupo formado por 250 especialistas da indústria gastronômica da região. Ele é inspirado na vida e conquistas da Madame Clicquot, que há cerca de 200 anos estabeleceu padrões para as mulheres no mundo dos negócios. 

Helena foi avaliada nos atributos de inovação, criatividade e determinação. “Madame Clicquot foi uma mulher que, há dois séculos revolucionou Champagne com sua resistência extraordinária, sua sede de inovação e sua busca pela qualidade. Helena Rizzo representa exatamente os valores da gastronomia hoje e estou orgulhoso que o nosso nome e rica história estão associados a uma chef tão maravilhosa”, explicou Aymeric Sancerre, diretor de comunicações internacionais da Veuve Clicquot.

Helena Rizzo descobriu sua paixão pela culinária aos 14 anos e desde então tem trabalhado para descobrir e dominar novas técnicas e sabores. Quando era mais jovem, viajou e trabalhou em restaurantes da Europa, como o El Celler de Can Roca, eleito o melhor do mundo em 2013. Em 2006, ela voltou a São Paulo e abriu o restaurante Maní no Jardim Paulistano. O estabelecimento é o número 46 da lista dos 50 Melhores Restaurantes do Mundo, e se destaca por usar ingredientes tradicionais brasileiros em seus pratos.

Entre os patrocinadores do prêmio estão a Cusqueña, Telefônica e S. Pellegrino y Acqua Panna.

&amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;quot;http://culinaria.terra.com.br/infograficos/melhor-restaurante-do-mundo/&amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;quot;http://culinaria.terra.com.br/infograficos/melhor-restaurante-do-mundo/&amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;gt;El Celler de Can Roca, o melhor restaurante do mundo &amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;gt;

&amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;quot;http://culinaria.terra.com.br/infograficos/50-melhores-restaurantes-mundo/iframe.htm&amp;amp;quot; href=&amp;amp;quot;http://culinaria.terra.com.br/infograficos/50-melhores-restaurantes-mundo/iframe.htm&amp;amp;quot;&amp;amp;amp;gt;veja o infogr&amp;amp;aacute;fico&amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;gt;
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade